Lifestyle

Journal Writings: Why I’ve been away? (En/Pt)

EN

I’m back… Back to writing… Just because, because it makes me feel good! Because it’s an escape, because I want to do this so bad! To share, to help someone, making someone from another part of the world happy even just for 5 minutes. Even if it’s for laughing or to be inspired by my words, pictures, etc…

I’ve been away that’s a fact. And that’s why I’m writing this post. I feel the need to explain why and to apologize to everyone.

First, since I started my Youtube Channel, and with my day job, I wasn’t left with any time to write on the blog. And I was loving to edit vídeos, pick up music, making transitions… It’s a really gratifying work, at least for me. I had everyone’s support, even indirectly and that made me want to do more and more…

It turns out that sometimes life tricks us, whether is to make us stronger in some way or to make us stop to think about all of things that we do or don’t value, what we really like or dislike doing or what we want to become (specially as a person). And in a couple of days, life wanted me to stop and think…:
1st: The camera which I was filming my Youtube Videos wasn’t mine and so I had to return it to its owner, which made me sad because I didn’t and I still don’t have the money to buy one for myself and that way continue with this wonderful hobby that brought me, my so dear, creativity back.
2nd: One of the people, who was the last to say that I was very good making the videos and that I should continue my dream, died. Yes, even as I write these words the tears fall from my eyes. It is not easy to lose an old friend, so soon, so unfairly. One more losing his life for cancer. As you can imagine my creativity was null, and I went on vacation after the funeral because I needed time to stop, reflect, relax…

The thoughts in my head about life were too many… Why wait? What I really want to do? What makes me happy?… Yes, because I hope to fulfill the promises we made (me and friends) to Pedro days before he passed away: “Promise that you will be happy, take care of your families, of friendships. Live for me and do not forget me.” These words echo in my head every day. Since then I try to do something every day (even if it’s small things) that makes me happy.

It was also because of Pedro that I recently thought “I do not have a camera but I have a computer and hands to write. I have to be grateful for that! I will not give up!!”.

And so here I am! Again I will dedicate myself, this time to the blog, because the dream cannot die! I promised to follow my dreams, and I do not like to miss my promises for anything. So thank you, Pedro! Thank you for being part of my life! Thank you for, even before you left, making sure we promised to be happy. That’s so you, always worried about everyone. For you, for me, I PROMISE NOT TO GIVE UP. I promise to do my best and be the best version of myself. And, if I can, share this journey with you that are on the other side of the screen but close to my heart, even better.

I hope you to understand my absence and to forgive me. I’m here to stay and, if I can, inspire you in some way.

To all readers and followers a gigantic Thank you for still being on that side!

Be happy every day.🙏🏼 💖✌🏼

_____ 

PT

Voltei… Voltei a escrever… Porque sim, porque me faz bem! Porque é um escape, porque quero muito fazer isto! Partilhar, ajudar alguém, fazer feliz alguém do outro lado do globo mesmo que por 5 minutos. Nem que seja a rir ou a ser inspirado pelas minhas palavras, fotografias, etc…

Estive ausente daqui é um facto. E, por isso, faço este post. Sinto necessidade de explicar o porquê e pedir desculpa a todos.

Primeiro, ao começar o canal do Youtube e com trabalho do dia-a-dia não me sobrava muito tempo para escrever. E estava a adorar editar os vídeos, escolher músicas, fazer passagens… É bastante gratificante esse trabalho pelo menos para mim. Tive o apoio de todos, mesmo que indiretamente, o que me fazia querer fazer mais e mais…

Acontece que a vida às vezes prega-nos partidas, sejam elas para nos tornarem mais fortes de alguma maneira ou para pararmos para pensar em tudo aquilo a que damos ou não valor, o que realmente gostamos de fazer ou não, o que queremos ser (principalmente enquanto pessoa). E em espaço de dias quis a vida que eu parasse para pensar…:
: A camera com a qual filmava os meus videos não era minha e tive de a devolver ao dono, o que me fez ficar triste pois não tinha, nem tenho no momento, o dinheiro disponível para adquirir uma e assim continuar com este hobby maravilhoso e que me trazia, a minha tão querida, criatividade de volta.

: Uma das pessoas, que foi das últimas a dizer que eu estava muito bem nos vídeos e que devia continuar o meu sonho, morreu. Sim, ainda enquanto escrevo estas palavras as lágrimas caem-me dos olhos. Não é fácil perder um amigo de tanto tempo, tão cedo, tão injustamente. Mais um a quem o cancro não deu tréguas. Como podem calcular a minha criatividade era nula, e fui de férias depois do funeral pois precisava de tempo para parar, refletir, espairecer…

Os pensamentos na minha cabeça perante a vida eram muitos… Porquê esperar? O que quero mesmo fazer? O que me faz feliz?… Sim, porque espero poder cumprir com as promessas que fizemos (eu e amigos) ao Pedro dias antes de partir: “Prometam que vão ser felizes, cuidem das vossas famílias, das amizades. Vivam por mim e não me esqueçam.” Estas palavras ecoam na minha cabeça todos os dias. Desde então tento fazer algo todos os dias (mesmo que pouco) que me faça feliz.

Foi também pelo Pedro que recentemente pensei “Não tenho camera mas tenho um computador e mãos para escrever. Tenho de estar grata por isso! Não vou desistir!!”.

E, por isso, aqui estou eu! Novamente vou-me dedicar, desta vez ao blog, pois o sonho não pode morrer! Prometi que seguia os meus sonhos, e não gosto de faltar às minhas promessas seja pelo que for. Por isso, obrigada Pedro! Obrigada por teres feito parte da minha vida! Obrigada por, mesmo antes de partires, te certificares que prometíamos ser felizes. Tão tu, sempre preocupado com todos. Por ti, por mim, prometo não desistir. Prometo fazer o meu melhor e ser a melhor versão de mim. E, se puder, partilhar esse percurso convosco que estão aí do outro lado mas perto do meu coração, melhor ainda.

Espero que compreendam a minha ausência e que a perdoem. Estou cá para ficar e para, se puder, vos inspirar de alguma maneira.

A todos os leitores e seguidores um gigantesco Obrigado por ainda estarem desse lado!

Sejam felizes todos os dias🙏🏼💖 ✌🏼

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply