Inspiration Lifestyle Organizing

2019 Bullet Journal

Este ano resolvi dar uma oportunidade ao Bullet Journal. Há algum tempo eu já tinha tentado dar esta oportunidade mas, estava a fazer porque parecia “estar na moda” e fazia como via os outros fazerem. Como é obvio fazia o que dava jeito aos outros e não a mim. Depois deixei-me intimidar pelos maravilhosos e artísticos Bullet Journals que via pela internet fora. Como a fasquia estava demasiado alta deixei a ideia de lado por uns tempos, pois eu já fazia imensas coisas artísticas (e atenção que eu adoro fazê-lo) mas para Bullet Journal achava muito pouco prático. Eu precisava de um sitio onde pudesse meter os meus to-do’s semanais, seguir determinados hábitos, apontar wishlists, etc. E queria concentrar tudo isso num sítio e que não me trouxesse mais stress. Eu continuo a fazer arte mas em outros contextos. Aqui preciso de minimalismo e de ser prática.
E foi quando percebi isso que comprei um notebook baratinho para experimentar (este comprei no Jumbo – 4,99€). Para ver se nos damos bem com este sistema não é preciso investirmos logo ten thousand dollars em notebooks XPTO, podemos guardar esses para mais tarde.
Vi aquilo que queria e precisava ter no meu Bullet Journal, anotei e depois fiz a lápis para ver os espaços mais ou menos. Depois utilizei só 4 canetas, uma preta, uma cinza e duas azuis (para dar a cor a Janeiro). E demorei menos de 1 hora a fazê-lo o que para mim é suuuuper prático!

Eu preciso sempre de um calendário anual. Dá-me imenso jeito. Quando preciso ver em que dia calha o quê, posso sempre ir à primeira página e voilá! O que fiz aqui foi aproveitar o calendário de uma agenda do ano passado (costumam trazer sempre um calendário do ano posterior ao da agenda) e que, de outro modo, não iria ter uso. Agarrei em algumas washi tapes que tinha, colei e “decorei” assim de um modo simples e em 1 minuto.

Na primeira secção de “escrita” resolvi meter um “2018 Looking Back” para visualmente ver/ler tudo aquilo pelo qual estou grata, pelo que conquistei e por momentos marcantes de 2018. Na página ao lado coloquei “2019 goals”, o que pretendo em termos de objetivos em diversas áreas da minha vida. Para mim faz sentido estarem lado a lado porque sempre que for ver um objetivo ou desejo que queira realizar este ano, posso-me inspirar com tudo o que aprendi e consegui no ano passado.
E sim, os títulos estão todos em Inglês, para mim faz mais sentido porque tudo o resto escrevo em português e assim não confundo visualmente os textos com os títulos (chama-se a isto cada um com a sua pancada).

Sendo eu uma pessoa de listas, estas não podiam faltar. Livros, Filmes e Wishlists são aquelas em que estou sempre a apontar coisas para não me esquecer (principalmente os livros e os filmes).

Saindo das secções anuais, começamos o mês de Janeiro (o único título em português) com o calendário com espaço para apontar mais especificamente compromissos (consultas, eventos, etc.). Para acrescentar um je ne sais quois ao início do ano e mês, uma quote motivacional (que adorooo!) é sempre bem vinda!

Depois decidi que para atingir os meus objetivos tenho de reparti-los em baby steps para serem de mais fácil execução. “Grão a grão enche a galinha o papo”! Por baixo, um guia de hábitos “Habit Tracker” para ter noção de quais são os hábitos que preciso de me focar mais no próximo mês. Por último, nesta secção, fiz um guia de despesas “Expense Tracker“, pois necessito de controlar mais esta área, ter noção dos meus gastos e economizar.

A seguir, dediquei uma pagina inteira para organização de ideias e posts para o blog e na outra um espaço para os favoritos do mês, mais até para saber o que fiz ou usei neste mês, como se fosse um mini diário.

As páginas seguintes foram dedicadas à semana em si, com um layout tipo agenda Moleskine. De um lado espaço para anotar em que dias faço o quê e do outro a to-do list da semana e um espaço para meter as to-do‘s prioritárias da semana (as que não posso mesmo falhar ou as mais importantes). Fiz isto para as 5 semanas do mês. Ainda não sei se manterei este esquema para o mês que vem pois tenho mesmo uma agenda já com os dias e, com o uso este mês, comecei a achar que isto seria talvez muito desperdício de papel (no meu caso!! Para quem não tem agenda acho que é um excelente sistema).

Por último, deixei um espacinho para fazer reflexões sobre o mês Janeiro, uma espécie de Brain Dump. Coisas que se passaram, coisas que aprendi, coisas que quero reter… Enfim, qualquer coisa que me vier à cabeça para este espaço, até pode ser um desenho.

Espero que gostem do que fiz por aqui e se de alguma maneira vos ajudar a organizar a vossa vida “Hurray“!! Fico muito feliz por isso! Irei fazendo updates de como estou a usar o Bullet Journal e o que tem funcionado (ou não) para mim!

“Simplicity is the ultimate sophistication.”
– Leonardo Da Vinci

🖤 f.

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply